Sobre o uso de medicamentos

O uso de medicamentos é um assunto que as pessoas sempre me questionam e geram algumas dúvidas entre as pessoas que me acompanham, por isso, pretendo abordar mais sobre isso através desse artigo.

Através dos meus leitores, recebo perguntas como: “Marina, você nunca utiliza medicamentos? Como a Medicina Germânica Heilkunde aborda essa questão da utilização de medicamentos?.” Entre outras questões sobre o assunto.

Então, pretendo começar com uma citação do próprio Dr. Hamer, descobridor da Medicina Germânica Heilkunde:

“Como regra, o uso de medicamentos deve ser cuidadosamente considerado e restrito a casos de emergência. A medicação pode certamente aliviar ou eliminar os sintomas ou prevenir complicações que surgem durante a fase de cura. Mas, nenhum medicamento ou terapia no mundo pode realmente curar uma doença. Somente o paciente pode tratar seus sintomas, porque somente ele pode resolver seu conflito e somente ele pode se curar!”

O que Dr. Hamer quis nos ensinar sobre o uso de medicamentos?

Uso de medicamentos pela Medicina Germânica Heilkunde

Conforme descoberta inovadora de Dr. Hamer, a causa raiz das doenças se relaciona com “conflitos traumáticos e imprevistos” que ocorrem na vida de um indivíduo. 

Outra grande descoberta é que a doença, na verdade, possui um significado biológico e é usada pelo corpo para a sobrevivência.

A razão pela qual é tão importante entender a funcionalidade da Medicina Germânica Heilkunde é que essa forma de medicina reconhece a importância que os conflitos traumáticos desempenham no processo da doença.

Depois que as pessoas compreendem a nova medicina, elas reconhecem que a Germânica Heilkunde pode ser utilizada em conjunto com a psique, cérebro e órgãos para curar doenças de maneira adequada, em vez de mascarar os sintomas.

Como exemplo, um paciente quis tomar ervas naturais para limpar a constipação crônica.

As ervas resultaram na limpeza do intestino, no entanto, eles não eliminaram o conflito das experiências desagradáveis ​​e perturbadoras que o paciente experimentou em seu passado, que é a verdadeira razão pela qual ele sofria de constipação crônica.

Nesse caso, por não resolver o conflito interno, esse paciente pode eventualmente desenvolver pólipos ou câncer de cólon.

É por isso que sempre há uma vantagem em resolver o conflito e não apenas tratar os sintomas. 

Qual é a minha opinião sobre o uso de medicamentos?

Geralmente, as pessoas acham que nunca uso remédios e sou totalmente contra isso. Mas isso não é verdade.

Existiram momentos em minha vida em que utilizei bastante medicamentos. Como esse ano mesmo, onde tomei duas caixas de antibióticos. Principalmente depois que virei mãe, comecei a adoecer por conta dos desafios que enfrentei.

Período que passei muito tempo indo atrás de médicos e diagnósticos por conta de uma dor de garganta que não passava, tomando os antibióticos. Depois descobri que era refluxo, por isso que não melhorava.

Com certeza, tiveram momentos em minha vida que consegui me curar sem medicação, descobrindo a real causa dos conflitos e fazendo mudanças em minha vida. Mas existem momentos em que precisamos usar medicamentos.

Vou colocar como exemplo, uma situação em específico que passei por conta da maternidade. Situação onde eu não poderia passar dor. Mas, por quê? Porque a dor também inibe o leite e isso prejudicaria a amamentação do meu filho.

Ou seja, acredito que devemos ponderar os momentos em nossa vida e a intensidade dos conflitos, para assim, tomar a decisão de usar ou não medicação.

Assista o vídeo, que falo sobre minha opinião: 

Conclusão

Espero que você tenha entendido a visão da Medicina Germânica Heilkunde e minha opinião sobre o uso de medicamentos.

Considerou o artigo útil? Compartilhe esse artigo para que possamos ajudar mais pessoas a terem conhecimento sobre a Medicina Germânica Heilkunde.

>>> Garanta agora mesmo: Guia definitivo da Medicina Germânica Heilkunde

Este blog é apenas um blog educativo. As informações e serviços aqui contidos não devem ser interpretados como um diagnóstico, tratamento, prescrição ou cura para a doença. Aqueles que buscam tratamento para uma doença específica devem consultar seu médico para determinar o protocolo de tratamento adequado, correto e aceito antes de usar qualquer coisa que é divulgado nesta página. O material referenciado acima reflete a convicção sincera da Dra. Marina Bernardi sobre esta nova medicina.