Saiba mais sobre a Terceira Lei Biológica

Saiba mais sobre a Terceira Lei Biológica

Qual foi a grande descoberta de Dr. Hamer através da Terceira Lei Biológica? É o que pretendo explicar através desse artigo.

De acordo com Dr. Hamer, os livros de medicina do futuro não vão mais atribuir doenças a disciplinas especiais, mas irão categorizá-las de acordo com sua relação embrionária de camada germinativa. A nova medicina oferece um sistema científico confiável que permite classificar doenças de acordo com aspectos embriológicos.

A Terceira Lei Biológica da Germânica Heilkunde

Saiba mais sobre a Terceira Lei Biológica

A Terceira Lei Biológica descoberta por Dr. Hamer mostra a correlação entre a psique, o cérebro e os órgãos ou tecidos dentro do contexto do desenvolvimento embrionário e da evolução do organismo humano.

Esta lei depende de como uma pessoa reage ao choque. Essa reação é baseada nas percepções, crenças e experiências da pessoa, tanto em nível consciente quanto inconsciente. Isso determina qual parte do cérebro e qual órgão ou tecido é afetado.

Dr. Hamer explica que o fato de um tecido do corpo reagir ou não ao conflito relacionado com a proliferação celular ou com a perda de tecido é predeterminado por um padrão biológico que se correlaciona com o desenvolvimento da evolução do cérebro humano. Esta é a grande descoberta da Terceira lei biológica.

Assista o vídeo abaixo, o qual eu falo sobre a Terceira Lei Biológica:

Essa lei também mostra que a proliferação celular ou perda de tecido após um DHS não ocorre de forma acidental, mas está ligada a três camadas germinais separadas que seguem um plano genético de desenvolvimento humano.

As três camadas germinativas são o endoderma, o mesoderma e o ectoderma. Isto é baseado no princípio biológico de que a ontogenia recapitula a filogenia.

Dr. Hamer mostrou que alguns órgãos, como o cólon, são derivados de apenas uma camada germinativa. Outros, como o coração, fígado, pâncreas e bexiga, são derivados de múltiplas camadas germinativas, que são controladas por partes amplamente separadas do cérebro.

Além disso, essa parte antiga do cérebro está conectada a conflitos como:

  • Que ameaçam a vida;
  • Sentindo-se excluído de alguma forma;
  • Ter uma hospitalização inesperada;

Conflitos ligados a tecidos endodérmicos envolvem os pulmões, os órgãos do canal alimentar, a próstata e o útero. Conflitos ligados ao mesoderma cerebral antigo incluem a pele, as glândulas mamárias, o revestimento da cavidade abdominal, os órgãos abdominais, e a pele que cobre o coração.

Nos tecidos mesodérmicos, a questão da lateralidade deve ser levada em conta por causa da correlação cruzada do cérebro para o órgão. Por exemplo: uma mulher destra com um conflito com seu filho teria seu hemisfério direito afetado e seu peito esquerdo mostraria o dano tecidual na fase ativa do conflito.

Os conflitos do novo mesoderma cerebral envolvem ossos, cartilagens, tendões e ligamentos, tecido conjuntivo, tecido adiposo, sistema linfático, músculos dos vasos sangüíneos, músculo cardíaco estriado, córtex supra-renal, rins, baço, os ovários e os testículos.

Dr. Hamer descobriu que os conflitos ligados aos novos tecidos mesodérmicos cerebrais se relacionam predominantemente com “Conflitos de Auto-desvalorização”, como exemplo:

  • Incapacidade de realizar uma tarefa;
  • Falta de um exame, ser reprimido ou humilhado por alguém;
  • Tomando uma decisão errada;
  • Sentindo-se completamente sobrecarregado.

Se algo bloquear a conclusão do processo na fase de cura, a pessoa pode desenvolver sintomas erroneamente diagnosticados como linfoma, câncer adrenal, câncer de ovário, câncer testicular ou leucemia. Se o processo de cura for interrompido por reconstituições do conflito, podem aparecer condições crônicas, como varizes, artrite ou aumento do baço.

O ectoderma ou terceira camada germinativa, controlada pelo córtex cerebral, conecta-se à segunda pele ou à epitelial encontrada na boca, no reto e no revestimento de certos órgãos. Os tipos de conflitos correlacionados a essa camada germinativa envolvem:

  • Rejeição ou frustração sexual;
  • Não se sentir como se você pertencesse, um susto ou medo em sua casa;
  • Medo de perder sua casa ou perda real dela;
  • Sentindo-se preso ou não sendo capaz de escapar de algo temido;
  • Medo de seguir em uma direção perigosa.

Dr. Hamer também verificou a importância da lateralidade e gênero no ectoderma ou terceira camada germinativa em seu paradigma. Por exemplo: um homem canhoto com um conflito de separação com sua mãe será afetado no hemisfério esquerdo e isso se manifestará como uma erupção cutânea no lado direito do corpo durante a fase de cura.

Durante a fase de cura, podem aparecer certos tipos de câncer que envolvem a mama, o sistema brônquico, a laringe, o colo do útero e o linfoma não-Hodgkin. Condições crônicas como erupções cutâneas, hemorróidas, resfriados, bronquite, laringite, icterícia, hepatite, catarata, bócio, hipoglicemia, diabetes, deficiências visuais e auditivas e paralisia sensitivo-motora, podem ocorrer porque as reconstituições do conflito original atrapalham a cura.

Segundo Dr. Hamer, todas essas condições acabarão por ser esclarecidas quando a fase de cura de conflitos estiver completa, e quaisquer conflitos suspensos devido a reconstituições do conflito original serão curados.

Conclusão

Espero que você tenha compreendido sobre a Terceira Lei Biológica da Germânica Heilkunde.

Gostou do artigo? Compartilhe com seus amigos ou pacientes para que possamos ajudar mais pessoas a terem conhecimento sobre a Nova Medicina Germânica.

Quer ter um maior conhecimento da Germânica Heilkunde? Participe da nossa próxima turma Germânica Heilkunde Formação Online.

 Este blog é apenas um blog educativo. As informações e serviços aqui contidos não devem ser interpretados como um diagnóstico, tratamento, prescrição ou cura para a doença. Aqueles que buscam tratamento para uma doença específica devem consultar seu médico para determinar o protocolo de tratamento adequado, correto e aceito antes de usar qualquer coisa que é divulgado nesta página. O material referenciado acima reflete a convicção sincera da Dra. Marina Bernardi sobre esta nova medicina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram

  • Hoje é  aniversário  dele❤
Um anjo abençoado que entrou em minha vida e acreditou em mim.
Porque uma simples atitude pode mudar toda sua vida?Com 3 meses de namoro ele investiu em mim. Eu não  tinha dinheiro pra fazer o curso de Microfisioterapia, há  10 anos atrás. Ele pagou. E a partir disso as portas só  se abriram. Se não  fosse por ele, pode apostar, eu não teria conquistado a maior parte das coisas que já conquistei.
Ele é  meu apoio diário, e minha alegria.
Amor que sua bondade e alegria nunca deixem de estar presente em sua vida. Sua motivação  é  algo cativante e que deve ser cultivada sempre.
Que Deus ilumine seus caminhosNós  te amamos 👼❤👪🐶
Feliz aniversário
  • Meu bebê chora muito, o que fazer?😱 Será que é fome? Dor de barriga? Hora de trocar a fralda?Existem vários motivos para seu bebê chorar excessivamente, porém..... Existe 01 MOTIVO ESPECIAL que você precisa saber!Mesmo em casos em que a gravidez foi super tranquila, o bebê ainda assim pode passar por algum CONFLITO como, por exemplo, ele pode ter se sentido muito apertado dentro da barriga, pode ter escutado barulhos que não gostou, etc.Como resolver isso?Seguem 03 DICAS para ajudar seu bebê a parar de chorar excessivamente: ✔️1.ACEITAR
Não julgue ou compare seu filho com outros bebês, aceite ele como um ser único e sua forma de se expressar.Cada bebê tem sua forma de perceber e sentir as coisas ao seu redor e, dependendo da forma que ele vive essa experiência, seu corpo pode responder através o choro excessivo. ✔️2.ENTENDER
Entenda que o fato do bebê chorar muito pode estar diretamente relacionado com conflitos que aconteceram ainda na barriga da mãe.O que para uma mãe pode ser tranquilo, para seu bebê dentro da barriga pode ser altamente desconfortável.Imagine que cheguem visitas em sua casa e que, apesar da mãe estar se divertido, conversando e escutando música junto com seus amigos, essa situação pode ser uma experiência desconfortável para o bebê.As músicas e as vozes que ele escuta podem estar altas demais e dependendo do tom das vozes pode até parecer ameaçador para ele. ✔️3.ACOLHER
Depois de aceitar e entender, é hora de acolher seu bebê com muito amor para ajudá-lo a superar o conflito que passou e resolver a causa do choro excessivo de uma vez por todas.Quando o bebê precisa da mãe e não encontra o apoio necessário, ele continua com o conflito e o choro excessivo é uma forma de mostrar isso.Quando a mãe aceita, entende e acolhe seu bebê ele se sente seguro e amado e, muitas vezes, é tudo o que ele precisa para mudar seu comportamento, parar de chorar e ficar tranquilo.Gostou então compartilhe com alguém que precisa saber disso!
  • Você deve fazer isso para se tornar expert em Germânica Heilkunde😍

Siga-me!!!