O que causa a osteoporose em idosos?

O que causa a osteoporose em idosos?

As pessoas mais idosas que você conhece parecem estar encolhendo? As chances são de que a estatura desses idosos não é mais como era devido à perda óssea associada à osteoporose.

À medida que a população mundial vive mais, torna-se cada vez mais importante conhecer a causa da osteoporose em idosos.

O que é osteoporose?

A osteoporose é uma condição na qual os ossos se tornam frágeis levando a um maior risco de quebra.

Isso ocorre quando os ossos perdem minerais como o cálcio mais rapidamente do que o corpo pode substituí-los.

Conhecida como uma doença “silenciosa”, a osteoporose geralmente não apresenta sintomas e raramente é diagnosticada até que os ossos quebrem ou se rompam.

Relação da Osteoporose com o envelhecimento

O que causa a osteoporose em idosos?

Ao analisar milhares de tomografias cerebrais de pacientes com osteoporose, Dr. Hamer estabeleceu que o tecido ósseo é sempre afetado quando uma pessoa experimenta uma súbita desvalorização.

O “conflito de autodepreciação” pode ser desencadeado por uma observação injusta, por ser reprimido, por falhar no trabalho, nos esportes ou na escola, ou quando nos sentimos sem apoio.

O envelhecimento ou a transição para a aposentadoria proporcionam situações infinitas que podem desencadear um sentimento de desvalorização.

A localização depende sempre do tipo específico de autodepreciação. Se a pessoa idosa se sente desvalorizada como um todo, as costas inteiras serão afetadas.

Caso a pessoa idosa se sinta desvalorizada abaixo da cintura (muitas vezes um problema com o parceiro), o osso púbico sofrerá as conseqüências.

Osteoporose e mulheres na menopausa

Dr. Hamer verificou que a osteoporose não tem nenhuma relação com alterações hormonais, mas sim com a perda de autoestima de mulheres na pós-menopausa.

Por exemplo, depois que os filhos saem de casa, uma mulher sente que não é mais útil.

A menopausa traz muitas mudanças para a mulher, elas não se sentem mais a mesma pessoa que eram quando jovem.

Seus desempenhos físicos, mentais e sexuais não são o que costumavam ser.

Na fase da pós-menopausa, a autoconfiança de uma mulher se torna muito frágil.

Como curar a osteoporose em idosos?

 A resolução do conflito é a solução para a cura. No momento em que a pessoa idosa recupera a autoestima, as lacunas serão reabastecidas e o osso afetado será reconstruído.

 O inchaço que acompanha o processo de reparação provoca o alongamento do periósteo, que pode ser muito doloroso. Quando o periósteo se estende, o osso perde o apoio e rompe-se facilmente.

Portanto, é no processo de cura que existe o maior risco de fraturas espontâneas. Após a conclusão do reparo, o osso fica muito mais forte do que antes.

Conclusão

Espero que você tenha compreendido sobre a Osteoporose em idosos segundo a visão da Germânica Heilkunde.

Sempre lembrando que a cura vem sempre de dentro para fora.

Achou útil o artigo? Compartilhe com seus amigos ou pacientes para que possamos ajudar mais pessoas a terem conhecimento sobre a Nova Medicina Germânica.

Quer ter um maior conhecimento da Germânica Heilkunde? Participe da nossa próxima turma Germânica Heilkunde Formação Online.

Este blog é apenas um blog educativo. As informações e serviços aqui contidos não devem ser interpretados como um diagnóstico, tratamento, prescrição ou cura para a doença. Aqueles que buscam tratamento para uma doença específica devem consultar seu médico para determinar o protocolo de tratamento adequado, correto e aceito antes de usar qualquer coisa que é divulgado nesta página. O material referenciado acima reflete a convicção sincera da Dra. Marina Bernardi sobre esta nova medicina.

Summary
O que causa a osteoporose em idosos?
Article Name
O que causa a osteoporose em idosos?
Description
A osteoporose é uma condição na qual os ossos se tornam frágeis levando a um maior risco de quebra. Isso ocorre quando os ossos perdem minerais como o cálcio mais rapidamente do que o corpo pode substituí-los. Conhecida como uma doença “silenciosa”, a osteoporose geralmente não apresenta sintomas e raramente é diagnosticada até que os ossos quebrem ou se rompam.
Author
Publisher Name
Marina Bernardi - Germânica Heilkunde
Publisher Logo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram

  • Instagram Image
  • #marinabernardi #germânicaheilkunde #novamedicinagermânica #5leisbiológicas #5leisdedrhamer #autocura #natureza
  • Eu olhei a receita, e me bateu uma enorme tristeza. Como uma pessoa que estudava há 10 anos sobre a cura interior, poderia tomar pela segunda vez um antibiótico por não conseguir aliviar os sintomas sozinha? Eu estava com uma dor na minha garganta, já não conseguia engolir mais nada. Já tinha tomado uma caixa de antibiótico contra a vontade,( depois de mais de 15 anos sem antibióticos) e quando cheguei na consulta, o médico não acreditou que o antibiótico + anti-inflamatório não havia dado resultado, a dor e os sintomas retornaram. O médico perguntou: Quando começou? Adivinha o que eu respondi? Depois que eu e meu marido discutimos. E ele, fingiu que acreditava com aquele olhar que diz: Mais alguma coisa? Fiquei com cara de paisagem ali, e disse “eu acho que é emocional” E ele falou, pode ser que seja refluxo também. E me deu aquela vontade de dizer, "sim doutor, é contrariedade indigesta, eu estou bastante irritada" E ele disse é possível que tenha refluxo e então as bactérias precisam agir ali... Eu tinha certeza que era refluxo, pela situação que vivi. Então ele disse, infelizmente tem placas e você precisa tomar mais uma caixa de antibiótico. Eu pensei comigo “Nãoooooo. EU VOU DAR UM JEITO NISSO.” Mas só pensei, não disse. E falei Ok, obrigada. Eu voltei pra casa derrotada. Minha cara de angustiada dizia tudo quando eu me olhava no espelho. (continua nos comentários)

Siga-me!!!