Saiba o que é vertigem

O que é vertigem? A vertigem é aquela sensação de que você ou o que está ao seu redor está em movimento ou girando.

O sistema vestibular é a região do ouvido interno onde os canais semicirculares se unem à cóclea. É a parte da orelha que regula a sensação de equilíbrio e movimento.

Qual é o conflito biológico relacionado a vertigem?

Para a medicina convencional, se o labirinto ou o nervo que o conecta ao cérebro não estiver funcionando corretamente, pode ocorrer a vertigem.

Muitos tipos de doenças ocorrem no ouvido interno, incluindo a doença de Ménière, labirintite, vertigem posicional, neurite vestibular, enxaqueca e tumores dos nervos do ouvido interno e outras.

Segundo a Medicina Germânica Heilkunde, a origem das doenças está relacionada a um conflito traumático e inesperado que ocorre na vida de uma pessoa.

Para Dr. Hamer, o conflito biológico ligado ao órgão vestibular (ouvido interno) é um “conflito de equilíbrio”, mais precisamente, um conflito de queda. Que pode estar relacionado com:

  • Qualquer queda (queda acidental em esportes, no trabalho, queda de escada, escorregar em uma superfície molhada ou gelada, queda de uma escada, tropeçar em um cabo) pode desencadear o conflito;
  • Certas profissões (construtores ou operários da construção), mas também crianças e idosos, correm mais risco;
  • Pessoas que têm dificuldade de se equilibrar e geralmente vivem com medo de cair, o mesmo vale para epilépticos;
  • Ver alguém cair ou desabar (testemunhar alguém tendo um derrame ou ataque cardíaco) ou ouvir que um ente querido caiu ou “caiu morto”;
  • Em um sentido figurado, o conflito poderia ser vivenciado como uma “queda em desgraça” ou como um sentimento de “despejo”, digamos, após uma separação.

Durante a fase ativa do conflito

O órgão vestibular (ouvido interno) pertence ao grupo de órgãos que respondem ao conflito relacionado não com a proliferação celular ou perda de células, mas sim com a perda funcional.

A perda funcional do ramo vestibular do nervo vestibulococlear resulta em perda de equilíbrio, ocorrendo a condição chamada de vertigem.

Sobre o sintoma de vertigem

O que é vertigem? Pela Medicina Germânica Heilkunde

O sintoma de vertigem é uma sensação de rodar, balançar ou cair para o lado (as “rodadas” de vertigem não devem ser confundidas com tonturas de cabeça leve).

A tendência de cair para a direita ou para a esquerda tem relação se a pessoa é destra ou canhota. E também se o conflito de equilíbrio tem relação com a mãe/filho ou relação com o parceiro.

Então, se uma pessoa destra tem o conflito em relação a mãe, há uma tendência a cair ou girar para a esquerda, isto é, para a mãe. Já se o conflito é relacionado ao parceiro, a tendência é cair ou girar para a direita, ou seja, em direção ao parceiro.

Para canhotos, é o contrário. Se o conflito diz respeito a si mesmo, a queda ou o giro sempre tende para o lado que se relaciona com o conflito original.

Durante a fase de cura

Durante a fase de cura, a tontura diminui. A crise epileptóide se manifesta como um ataque repentino de vertigem, potencialmente com náuseas e vômitos intensos.

A extensão da epicrise é determinada pela intensidade e duração da fase ativa de conflito.

Ataques recorrentes de vertigem são desencadeados pelo estabelecimento de um trilho que foi estabelecido quando o conflito original de queda aconteceu. O álcool, por exemplo, pode ser um desses trilhos.

Ataxia de Friedreich

Se os conflitos de queda afetam o órgão vestibular de ambas as orelhas, isso causa uma Constelação de Vertigem, segundo a Medicina Germânica Heilkunde.

Os sintomas são uma postura instável e um caminhar com movimentos cambaleantes. O termo médico para essa condição é ataxia de Friedreich

A descoordenação física e a falta de jeito não são resultado de fraqueza muscular, mas sim do desequilíbrio causado pela “dupla vertigem”.

Uma vez que bebês e idosos têm maior probabilidade de sofrer conflitos de queda, a ataxia se desenvolve com mais frequência na infância e mais tarde na vida.

Doença de Ménière

De acordo com a medicina tradicional, a doença de Ménière, também conhecida como hidropsia endolinfática primária, é “uma doença do ouvido interno que afeta o equilíbrio e a audição”.

Diferentemente da Medicina Germânica Heilkunde, que coloca que essa condição é uma combinação de conflito de queda (envolvendo o órgão vestibular) e um conflito auditivo (envolvendo a cóclea).

Conclusão

Espero que você tenha compreendido sobre o que é vertigem segundo a Medicina Germânica Heilkunde.

Considerou o artigo útil? Compartilhe esse artigo para que possamos ajudar mais pessoas a terem conhecimento sobre a Medicina Germânica Heilkunde.

>>> Garanta agora mesmo: Guia definitivo da Medicina Germânica Heilkunde

Este blog é apenas um blog educativo. As informações e serviços aqui contidos não devem ser interpretados como um diagnóstico, tratamento, prescrição ou cura para a doença. Aqueles que buscam tratamento para uma doença específica devem consultar seu médico para determinar o protocolo de tratamento adequado, correto e aceito antes de usar qualquer coisa que é divulgado nesta página. O material referenciado acima reflete a convicção sincera da Dra. Marina Bernardi sobre esta nova medicina.