Segundo a medicina tradicional, o HPV é um vírus comum transmitido sexualmente. Mas o que é HPV segundo a Germânica Heilkunde?

De acordo com Dr. Hamer, todas as doenças são originadas por um conflito biológico, questionando a existência do chamado “vírus”.

O jornalista Torsten Engelbrecht e o doutor em medicina interna Claus Köhnlein, em sua publicação “Virus Mania” (original em alemão, 2006), revelaram que o vírus “contagioso e mortal”, como o vírus da hepatite C, HIV, HPV, da gripe aviária e da poliomielite não são micróbios que “invadem” o organismo humano.

Na realidade, segundo os autores, esses supostos vírus são micropartículas produzidas pelas próprias células do corpo.

Vírus e a Germânica Heilkunde

Se os vírus existissem de acordo com o raciocínio evolutivo, eles ajudariam na reconstrução dos tecidos ectodérmicos.

Com base no papel benéfico dos micróbios, os vírus não seriam a causa de doenças, mas desempenhariam um papel vital no processo de cicatrização. Por exemplo:

  • Vírus do herpes ou do sarampo: relacionado a um “conflito de separação”;
  • Vírus da hepatite: ligado a um “conflito de raiva territorial”;
  • Vírus da gripe: relacionado a um “conflito de mal cheiro”;
  • Vírus HPV: vinculado a um “conflito sexual”.

Na perspectiva da Germânica Heilkunde, a AIDS é considerada uma combinação de sintomas resultantes de múltiplos choques de conflito.

Qual é o conflito biológico ligado ao HPV?

O que é HPV segundo a Germânica Heilkunde?

O conflito biológico ligado a mucosa do colo do útero é um “conflito sexual ou de acasalamento” (significando, em termos biológicos, que a reprodução está em jogo).

Nos homens, o conflito sexual ou de acasalamento corresponde às arterias coronárias (com baixo status de testosterona) ou à próstata (quando o status de testosterona está na faixa normal).

Segundo o raciocínio evolutivo, conflitos territoriais, conflitos sexuais e conflitos de separação, são os temas de conflitos primários associados com os órgãos de origem ectodérmica, controlados a partir do córtex sensorial e pós-sensorial.

Conflito sexual ou de acasalamento

Um conflito sexual refere-se a qualquer angústia relacionada à sexualidade. Isso inclui sexo doloroso (primeira vez), abuso sexual, assédio sexual, práticas sexuais indesejadas, rejeição sexual ou falta de atividade sexual por causa de uma separação ou perda inesperada de um cônjuge.

Descobrir que o parceiro está dormindo com outra pessoa ou interrupções durante a relação sexual podem desencadear o conflito.

Como resultado da sexualização precoce, as meninas vivenciam hoje o conflito em uma idade muito jovem.

A ligadura tubária (“tubos amarrados”), o uso de um DIU ou o uso de contraceptivos para evitar uma gravidez, podem provocar um conflito sexual em um nível psicobiológico sutil.

>>>Baixe ebook gratuito: A medicina germânica e seu poder de cura

A mulher na menopausa

Se uma mulher tiver um baixo status de estrogênio, por exemplo, após a menopausa, ela não poderá mais experimentar um conflito de acasalamento em termos biológicos.

Ela responderá, portanto, a um sofrimento sexual mais provável com o útero. Isso explica porque 90% das mulheres com câncer de útero têm mais de 50 anos de idade, segundo estudos epidemiológicos.

Teste de Papanicolau

O teste de Papanicolau é um teste de rastreamento do câncer que verifica se há alterações no tecido cervical.

Portanto, o teste pode ser positivo (“pré-canceroso”) na fase de resolução do conflito, bem como na fase de cicatrização (restauração da camada epitelial escamosa do colo do útero através da proliferação celular).

Nenhuma dessas mudanças é “anormal”, mas ocorre naturalmente durante as duas fases do Programa Especial Biológico. Como o exame PSA, um teste de Papanicolau é apenas um marcador que indica o grau de atividade ou cura do conflito.

Câncer do colo do útero

A indústria médica alega que o câncer do colo do útero é causado pelo chamado vírus do papiloma humano (HPV), supostamente transmitido por contato sexual.

Em 2006, o FDA aprovou a vacina Gardasil para supostamente “proteger” meninas adolescentes contra o “câncer cervical”. A vacina também é imposta a meninos de 9 a 12 anos para “impedir a propagação da infecção pelo HPV”.

Conclusão

Espero que você tenha entendido como a Germânica Heilkunde enxerga os vírus, principalmente o que é HPV.

Considerou o artigo útil? Compartilhe esse artigo para que possamos ajudar mais pessoas a terem conhecimento sobre a Nova Medicina Germânica.

Quer ter um maior conhecimento da Germânica Heilkunde? Participe da nossa próxima turma Germânica Heilkunde Formação Online.

Este blog é apenas um blog educativo. As informações e serviços aqui contidos não devem ser interpretados como um diagnóstico, tratamento, prescrição ou cura para a doença. Aqueles que buscam tratamento para uma doença específica devem consultar seu médico para determinar o protocolo de tratamento adequado, correto e aceito antes de usar qualquer coisa que é divulgado nesta página. O material referenciado acima reflete a convicção sincera da Dra. Marina Bernardi sobre esta nova medicina.

Summary
O que é HPV segundo a Germânica Heilkunde?
Article Name
O que é HPV segundo a Germânica Heilkunde?
Description
Segundo a medicina tradicional, o HPV é um vírus comum transmitido sexualmente. Mas o que é HPV segundo a Germânica Heilkunde? De acordo com Dr. Hamer, todas as doenças são originadas por um conflito biológico, questionando a existência do chamado “vírus”.
Author
Publisher Name
Germânica Heilkunde - Marina Bernardi
Publisher Logo