O que é infarto do miocárdio (ataque cardíaco)?

A medicina convencional conhece apenas um tipo de infarto do miocárdio (ataque cardíaco). Mas Dr.Hamer verificou que existem na verdade dois tipos de ataques cardíacos originados de conflitos biológicos completamente diferentes.

De acordo com medicina convencional, um infarto (do miocárdio anterior ou do miocárdio posterior) é causado por placas de colesterol ou um trombo nas artérias coronárias (anteriores ou posteriores), que presumivelmente bloqueiam o suprimento de sangue e oxigênio ao músculo cardíaco, resultando em um infarto.

Apesar das evidências de que a maioria das pessoas que sofreram infarto do miocárdio não apresentava oclusão da artéria coronária e níveis normais de colesterol, a hipótese de obstrução da artéria coronária ainda prevalece.

Segundo a Medicina Germânica Heilkunde, o miocárdio e as artérias coronárias se originam de diferentes folhetos embrionários. Através disso, eles são controlados a partir de diferentes áreas do cérebro e estão relacionados a diferentes conflitos biológicos, sendo diferentes tipos de ataques cardíacos.

Para a nova medicina, tanto o infarto como outras condições, estão ligadas a um conflito biológico (evento inesperado e traumático) que ocorre na vida de indivíduo.

Qual é o conflito biológico relacionado ao infarto do miocárdio?

Infarto do miocárdio pela Medicina Germânica Heilkunde

O conflito biológico relacionado ao músculo cardíaco (miocárdio) é um estado absoluto e completo de opressão. Sentindo-se sobrecarregado. Sentindo-se como se você não aguentasse mais. Uma sobrecarga de estresse negativo.

Relacionamentos possuem papel vital no infarto do miocárdio. Sendo possível verificar com precisão a lateralidade de uma pessoa e se o conflito tem relação com mãe / filho ou parceiro. Devido à torção dos tubos do coração, o princípio da lateralidade é invertido.

Consequentemente, uma pessoa destra responde a um conflito opressor relacionado à mãe/filho com o miocárdio direito; se o conflito está associado a um parceiro com miocárdio esquerdo. Uma pessoa canhota responde a um conflito sobrecarregado relacionado à mãe/filho com o miocárdio esquerdo; se o conflito está associado a um parceiro com miocárdio direito.

Fase ativa do conflito

Durante a fase ativa do conflito, ocorre perda celular (necrose) do tecido do músculo cardíaco (controlada a partir da medula cerebral) e proporcional ao grau de atividade de conflito, aumentando a paralisia do músculo cardíaco.

No caso dos músculos estriados, a fase ativa do conflito se manifesta como paralisia muscular. Do ponto de vista biológico, a paralisia é um reflexo inato de falsa morte em resposta ao perigo.

Na atividade de conflito intenso, isso será sentido como fraqueza e falta de ar durante o esforço.

Fase de cura

O infarto do miocárdio é iniciado no cérebro, como o ataque cardíaco relacionado às artérias coronárias. Controlado pelo córtex motor, o ataque do miocárdio se manifesta como contrações do músculo cardíaco com cãibras dolorosas (“epilepsia cardíaca”).

Uma crise epiléptica intensa pode desencadear uma crise epiléptica generalizada com convulsões envolvendo todo o corpo, levando potencialmente a um diagnóstico errado.

As contrações rápidas do miocárdio causam taquicardia, um batimento cardíaco acelerado, também conhecido como palpitações cardíacas ou fibrilação ventricular.

Um sintoma característico do ataque cardíaco do miocárdio é uma alteração aguda da pressão arterial devido às vias distintas dos dois sistemas circulatórios. O miocárdio direito inicia o fluxo de sangue para os pulmões (circulação pulmonar), enquanto o miocárdio esquerdo move o sangue através da aorta para o resto do corpo (circulação sistêmica).

Infarto das artérias coronárias

Como já falamos, as artérias coronárias envolvem outros conflitos biológicos, como: os conflitos territoriais, os conflitos sexuais e os conflitos de separação.

O infarto ligado às artérias coronárias se apresenta como angina de peito aguda com forte dor atrás do osso esterno. A dor pode irradiar para o ombro esquerdo e o braço esquerdo. Os sintomas associados são suores frios e náuseas.

Uma vez que os músculos estriados da parede da artéria coronária sofrem a crise epileptoide ao mesmo tempo, os espasmos dos vasos cardíacos ocorrem junto com a dor da angina.

Durante a fase de cura, o colesterol irá aumentar naturalmente. O colesterol é ideal para reparar as ulcerações que ocorreram na parede dos vasos sanguíneos durante a atividade de conflito.

Conclusão

Espero que você tenha compreendido sobre infarto do miocárdio (ataque cardíaco) pela Medicina Germânica Heilkunde.

Considerou o artigo útil? Compartilhe esse artigo para que possamos ajudar mais pessoas a terem conhecimento sobre a Medicina Germânica Heilkunde.

>>> Garanta agora mesmo: Guia definitivo da Medicina Germânica Heilkunde

Este blog é apenas um blog educativo. As informações e serviços aqui contidos não devem ser interpretados como um diagnóstico, tratamento, prescrição ou cura para a doença. Aqueles que buscam tratamento para uma doença específica devem consultar seu médico para determinar o protocolo de tratamento adequado, correto e aceito antes de usar qualquer coisa que é divulgado nesta página. O material referenciado acima reflete a convicção sincera da Dra. Marina Bernardi sobre esta nova medicina.