Germânica Heilkunde: Simplificando a descoberta das doenças

Germânica Heilkunde: Simplificando a descoberta das doenças

Saiba mais sobre a descoberta das doenças

Primeiramente, para compreender sobre a Germânica Heilkunde e o Princípio das cinco leis biológicas é necessário quebrar seus paradigmas de tudo que você já aprendeu através da Medicina Tradicional.

A Germânica Heilkunde chega para simplificar o diagnóstico das doenças, que através da Medicina Tradicional são explicadas através de inúmeros livros a serem estudados.

Enquanto a Medicina Tradicional se concentra no nome da doença, a Germânica Heilkunde compreende sua origem através do que o paciente sente exatamente.

Simplificando o diagnóstico das doenças, através da Germânica Heilkunde é necessário ter conhecimento do tecido envolvido e em qual das 4 folhas embrionárias se origina.

Com base na terceira Lei Biológica, podemos conhecer a origem embrionária e sua respectiva inervação cerebral, compreendendo o comportamento do tecido dentro do programa de fisiologia especial. Sabendo também através da quarta lei biológica, quais tipos de micróbios estão envolvidos, conhecendo também sua sintomatologia específica.

A classificação de doenças se torna incoerente, porque para cada conjunto de sintomas, a Medicina Tradicional cria uma patologia, com suas características.

Podemos colocar como exemplo a artrite psoriática, que tem suas próprias características. Então é preciso separar cada sintoma em seu lugar de acordo com as Leis Biológicas. O primeiro sintoma analisado são as calcificações do tecido ósseo, ocorrendo o processo de calcificação dirigido pela substância branca do cérebro, no momento de uma fase de reparação em suspenso com recidivas.

O segundo sintoma da artrite psoriática são as úlceras da pele, que são produzidas por dois processos sobrepostos, dirigidos pelo córtex sensorial em reação a dois eventos, que possivelmente não estão relacionados com o que originou as calcificações ósseas.

Outro exemplo, uma doença bem comum chamada de ‘’gripe’’. A gripe envolve vários sintomas, como dor de garganta, febre, nariz entupido e outros. E cada sintoma deve ser analisado de forma separada, pois cada um tem um sentido biológico

Analisando os programas biológicos, eles sempre ocorrem em duas fases distintas.

A primeira fase inicia-se no momento em que ocorre o chamado DHS (quando o organismo reage) e acaba no momento em que o organismo resolve a situação, retirando-se do estado de alerta.

Já a segunda fase ocorre no momento de relaxamento e reparação, fazendo o organismo recuperar sua fisiologia normal.

Na realidade, as fases podem ser caracterizadas de duas formas. Na primeira fase, o paciente está em permanente estresse, perdendo peso, apresentando as mãos e os pés frios, pensamentos fixos e demora para dormir. A segunda fase é caracterizada por febre, muito cansaço e extremidades quentes.

Com isso, a segunda Lei Biológica possibilita colocarmos em ordem os fenômenos que supostamente estão desconectados, colocando-os na curva bifásica, sabendo se o paciente se encontra na primeira fase (fase ativa) ou se encontra na segunda fase da doença.

Conclusão

Espero que você tenha compreendido como funciona o diagnóstico das doenças de acordo com a Germânica Heilkunde, onde não é analisado o nome da patologia e sim quais são os sintomas do paciente.

Através do estudo dos sintomas do paciente, podemos descobrir a origem da doença através do conhecimento das Cinco Leis Biológicas.

Gostou do artigo? Compartilhe com outros profissionais da saúde ou com um amigo querido que poderá ajudar.

Conheça ainda mais a Germânica Heilkunde através do nosso ebook:

Nova-medicina-germanica-pdf

Este blog é apenas um blog educativo. As informações e serviços aqui contidos não devem ser interpretados como um diagnóstico, tratamento, prescrição ou cura para a doença. Aqueles que buscam tratamento para uma doença específica devem consultar seu médico para determinar o protocolo de tratamento adequado, correto e aceito antes de usar qualquer coisa que é divulgado nesta página. O material referenciado acima reflete a convicção sincera da Dra. Marina Bernardi sobre esta nova medicina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram

  • Instagram Image
  • #marinabernardi #germânicaheilkunde #novamedicinagermânica #5leisbiológicas #5leisdedrhamer #autocura #natureza
  • Eu olhei a receita, e me bateu uma enorme tristeza. Como uma pessoa que estudava há 10 anos sobre a cura interior, poderia tomar pela segunda vez um antibiótico por não conseguir aliviar os sintomas sozinha? Eu estava com uma dor na minha garganta, já não conseguia engolir mais nada. Já tinha tomado uma caixa de antibiótico contra a vontade,( depois de mais de 15 anos sem antibióticos) e quando cheguei na consulta, o médico não acreditou que o antibiótico + anti-inflamatório não havia dado resultado, a dor e os sintomas retornaram. O médico perguntou: Quando começou? Adivinha o que eu respondi? Depois que eu e meu marido discutimos. E ele, fingiu que acreditava com aquele olhar que diz: Mais alguma coisa? Fiquei com cara de paisagem ali, e disse “eu acho que é emocional” E ele falou, pode ser que seja refluxo também. E me deu aquela vontade de dizer, "sim doutor, é contrariedade indigesta, eu estou bastante irritada" E ele disse é possível que tenha refluxo e então as bactérias precisam agir ali... Eu tinha certeza que era refluxo, pela situação que vivi. Então ele disse, infelizmente tem placas e você precisa tomar mais uma caixa de antibiótico. Eu pensei comigo “Nãoooooo. EU VOU DAR UM JEITO NISSO.” Mas só pensei, não disse. E falei Ok, obrigada. Eu voltei pra casa derrotada. Minha cara de angustiada dizia tudo quando eu me olhava no espelho. (continua nos comentários)

Siga-me!!!