Fatores poucos conhecidos que podem afetar a dor nas costas segundo a Medicina Germânica

Fatores poucos conhecidos que podem afetar a dor nas costas segundo a Medicina Germânica

Dor nas Costas

Revelarei agora o que você precisa saber sobre a dor nas costas e a Medicina Germânica. Vamos lá?

Problemas de coluna podem ter origem traumática ou ter origem de fundo emocional que é o que chamamos de conflitos biológicos. Vamos aprofundar, nesse artigo, sobre qual a relação da dor nas costas com as respostas biológicas do corpo.

Tudo que é traumático, por exemplo, quando alguém escorrega, bate as costas, dorme numa postura que causa dor, sofre um acidente ou carrega algo muito pesado poderá causar um trauma na coluna.

Esses traumas não entram nos conflitos biológicos do corpo, o corpo somente vai recuperar esse tecido causando a dor , inflamação, inchaço e, em outras situações, onde as estruturas da coluna são afetadas sabendo que há uma relação dessa dor com os acontecimentos da nossa vida e nossos sentimentos ou emoções que estão sempre paralelos a isso.

Dr.Hamer, descobridor da Medicina Germânica, através das suas pesquisa percebeu que as pessoas que sentiam dor nas costas relacionadas a hérnia de disco, bico de papagaio, dores lombares e problemas com nervo ciático tinham algo em comum.

Esses pacientes sempre relatavam problemas de auto-desvalorização, sentiam-se desvalorizados em uma área de sua vida como, por exemplo, não se sentiam apoiados pela esposa, sentiam que o trabalho estava uma droga, que nada estava como queriam, que não conseguiam ajudar seus filhos etc.

Isto tudo, na verdade, é uma auto-desvalorização causada por alguns impactos biológicos porque a pessoa não se sente capaz de fazer o que ela realmente quer fazer ou é obrigada a fazer algo que ela não quer.

Dentro da Medicina Germânica, um fator é muito importante nesse caso porque a dor sempre vem quando existe a inflamação, o inchaço devido ao reparo desses tecidos, ou seja, se seu corpo está reparando algo é porque ele precisa estar reparando e, neste caso, dr.Hamer concluiu que a dor vem sempre quando a pessoa conquista o que ela quer como, por exemplo, uma revalorização no trabalho e o apoio dos familiares.

Comece a notar quando você está sentindo a dor, é importante observar o que você resolveu na sua vida, o que melhorou naquele exato momento.

Um apoio sentido no trabalho poderá afetar um lado somente do corpo que corresponde ao lado que representa o chefe pois, conforme a lateralidade na Germânica, o corpo reage de acordo com a nossa destreza manual , ou seja, se somos destros ou canhotos.

Você talvez ache que tudo isso é uma bobagem mas eu digo que durante 7 anos meus pacientes tem sido tratado dessa maneira com resultados extremamente positivos porque a Medicina Germânica é uma ciência testada e aprovada por mais de 30 anos.

Então chegou a hora de ter esse novo olhar para entender como tudo ocorre em seu corpo e a melhor forma de acabar com a dor nas costas é descobrindo a real causa seja ela traumática ou de fundo biológico.

É preciso eliminar o que está produzindo esta dor através de caminhos alternativos e permitir sempre a autocura do corpo.

Gostou do artigo? Compartilhe com outros profissionais da saúde ou com um amigo querido que poderá ajudar.

Conheça ainda mais a Germânica Heilkunde através do nosso ebook:

Nova-medicina-germanica-pdf

Este blog é apenas um blog educativo. As informações e serviços aqui contidos não devem ser interpretados como um diagnóstico, tratamento, prescrição ou cura para a doença. Aqueles que buscam tratamento para uma doença específica devem consultar seu médico para determinar o protocolo de tratamento adequado, correto e aceito antes de usar qualquer coisa que é divulgado nesta página. O material referenciado acima reflete a convicção sincera da Dra. Marina Bernardi sobre esta nova medicina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram

  • Instagram Image
  • #marinabernardi #germânicaheilkunde #novamedicinagermânica #5leisbiológicas #5leisdedrhamer #autocura #natureza
  • Eu olhei a receita, e me bateu uma enorme tristeza. Como uma pessoa que estudava há 10 anos sobre a cura interior, poderia tomar pela segunda vez um antibiótico por não conseguir aliviar os sintomas sozinha? Eu estava com uma dor na minha garganta, já não conseguia engolir mais nada. Já tinha tomado uma caixa de antibiótico contra a vontade,( depois de mais de 15 anos sem antibióticos) e quando cheguei na consulta, o médico não acreditou que o antibiótico + anti-inflamatório não havia dado resultado, a dor e os sintomas retornaram. O médico perguntou: Quando começou? Adivinha o que eu respondi? Depois que eu e meu marido discutimos. E ele, fingiu que acreditava com aquele olhar que diz: Mais alguma coisa? Fiquei com cara de paisagem ali, e disse “eu acho que é emocional” E ele falou, pode ser que seja refluxo também. E me deu aquela vontade de dizer, "sim doutor, é contrariedade indigesta, eu estou bastante irritada" E ele disse é possível que tenha refluxo e então as bactérias precisam agir ali... Eu tinha certeza que era refluxo, pela situação que vivi. Então ele disse, infelizmente tem placas e você precisa tomar mais uma caixa de antibiótico. Eu pensei comigo “Nãoooooo. EU VOU DAR UM JEITO NISSO.” Mas só pensei, não disse. E falei Ok, obrigada. Eu voltei pra casa derrotada. Minha cara de angustiada dizia tudo quando eu me olhava no espelho. (continua nos comentários)

Siga-me!!!