Como funciona o tratamento da Germânica Heilkunde?

Como funciona o tratamento da Germânica Heilkunde?

Tratamento Germânica Heilkunde

Durante mais de nove anos de experiência em minha profissão, eu vejo pessoas que acham que o tratamento da Germânica Heilkunde é uma técnica que pode ser aplicada.

Então eu gostaria de esclarecer isso de uma vez por todas e dizer que o tratamento da Germânica Heilkunde não é um técnica, é uma medicina que você vive e que muda completamente o seu olhar à respeito das doenças e da saúde.

O tratamento da Germânica Heilkunde é um caminho a seguir.

Dr.Hamer foi o descobridor da Germânica Heilkunde e das 05 Leis Biológicas que explicam as causas, o desenvolvimento e a cura natural das doenças. 

Através de milhares de estudos, Dr.Hamer comprovou que as doenças não são resultantes de alguma disfunção do organismo, mas sim programas biológicos especiais com o objetivo de ajudar o indivíduo a sobreviver diante de um conflito.

Nada na natureza é doente, apenas possui um significado em termos biológicos.

O tratamento da Germânica Heilkunde consiste em trabalhar os conflitos biológicos e encontrar a real causa que desenvolveu a enfermidade. 

O tratamento atua na origem dos sintomas para ajudar o corpo a retornar à sua normalidade.

Neste processo é preciso ressaltar que, além de descobrir a causa das doenças, é essencial o trabalho do terapeuta atuando como um guia, acompanhando o paciente em todas as fases de cura.

Para gerar resultados efetivos, o terapeuta da Germânica Heilkunde precisa ter em si a vontade de ajudar as pessoas, de descobrir novos caminhos e estudar esse conhecimento.

A teoria juntamente com a prática forma o terapeuta em sua excelência, pronto para agir com os pacientes nas diversas situações que aparecem ao longo do caminho.

O processo de cura sempre envolverá um processo de aprendizagem, é uma jornada que te levará a novos paradigmas sobre a saúde.

Para melhor aprofundar o tema, quero compartilhar um caso que atendi em meu consultório de uma paciente com amortecimento no braço.

Veja na prática um estudo de caso do tratamento da Germânica Heilkunde:

tratamento da germânica heilkunde

Uma paciente se queixava que durante 02 anos ela apresentava amortecimento no braço direito, especialmente antes de dormir.

Ela tinha amplo movimento de pescoço, ombros e cotovelos e durante os testes médicos não apresentava nenhum sintoma de dormência.

Essa dormência do lado de fora do braço representa, na visão da Germânica Heilkunde, um conflito de separação brutal, o “querer separar-se ou afastar-se de alguém”.

Para ajudar a paciente a completar o processo de cura, trabalhamos para identificar a causa que desenvolveu essa enfermidade. Descobrimos que o conflito foi com o ex-namorado que tentou agredir a paciente e, durante uma discussão, segurou o seu braço com muita força.

O momento traumático da discussão foi quando ocorreu o DHS, o choque inesperado. A paciente ficou em choque querendo muito que ele sumisse de sua frente e que nunca mais a visse.

O fato dela sentir os sintomas a noite é porque a discussão também ocorreu durante o período da noite e seu corpo estava relembrando o fato traumático ocorrido.

A paciente entendeu perfeitamente a causa de tudo que estava acontecendo relacionada a sua dormência e, através dessa conscientização, passou a pensar e afirmar para si mesma que era seguro estar em casa à noite.

Cerca de duas ou três semanas mais tarde a paciente relatou que já não tinha mais a dormência nos braços e que já conseguia dormir sem acordar à noite.

Três meses depois ela contou que esse entorpecimento havia desaparecido completamente e que já não pensa mais em seu ex-namorado da mesma maneira, ou seja, ela mudou a percepção do fato ocorrido e obteve a cura tão desejada.

Clique Aqui para assistir o vídeo na íntegra sobre este estudo de caso

Conclusão

Verificamos que o conhecimento da Germânica Heilkunde ajuda o paciente a entender a origem do conflito, a mudar a sua perspectiva com relação ao ocorrido e, assim, promover o processo da autocura.

É emocionante ver os resultados positivos quando descobrimos a real origem dos sintomas e ajudamos o corpo sem interferir nos mecanismos naturais de cura.

O conhecimento da Germânica Heilkunde é acessível a todas as pessoas, independente se você é profissionais da saúde ou não. O importante é obter esse conhecimento direto da fonte e ter o coração aberto para ajudar a si mesmo e a muitas pessoas. 

Conheça ainda mais a Germânica Heilkunde através do nosso ebook:

Nova-medicina-germanica-pdf

Este blog é apenas um blog educativo. As informações e serviços aqui contidos não devem ser interpretados como um diagnóstico, tratamento, prescrição ou cura para a doença. Aqueles que buscam tratamento para uma doença específica devem consultar seu médico para determinar o protocolo de tratamento adequado, correto e aceito antes de usar qualquer coisa que é divulgado nesta página. O material referenciado acima reflete a convicção sincera da Dra. Marina Bernardi sobre esta nova medicina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram

  • Instagram Image
  • #marinabernardi #germânicaheilkunde #novamedicinagermânica #5leisbiológicas #5leisdedrhamer #autocura #natureza
  • Eu olhei a receita, e me bateu uma enorme tristeza. Como uma pessoa que estudava há 10 anos sobre a cura interior, poderia tomar pela segunda vez um antibiótico por não conseguir aliviar os sintomas sozinha? Eu estava com uma dor na minha garganta, já não conseguia engolir mais nada. Já tinha tomado uma caixa de antibiótico contra a vontade,( depois de mais de 15 anos sem antibióticos) e quando cheguei na consulta, o médico não acreditou que o antibiótico + anti-inflamatório não havia dado resultado, a dor e os sintomas retornaram. O médico perguntou: Quando começou? Adivinha o que eu respondi? Depois que eu e meu marido discutimos. E ele, fingiu que acreditava com aquele olhar que diz: Mais alguma coisa? Fiquei com cara de paisagem ali, e disse “eu acho que é emocional” E ele falou, pode ser que seja refluxo também. E me deu aquela vontade de dizer, "sim doutor, é contrariedade indigesta, eu estou bastante irritada" E ele disse é possível que tenha refluxo e então as bactérias precisam agir ali... Eu tinha certeza que era refluxo, pela situação que vivi. Então ele disse, infelizmente tem placas e você precisa tomar mais uma caixa de antibiótico. Eu pensei comigo “Nãoooooo. EU VOU DAR UM JEITO NISSO.” Mas só pensei, não disse. E falei Ok, obrigada. Eu voltei pra casa derrotada. Minha cara de angustiada dizia tudo quando eu me olhava no espelho. (continua nos comentários)

Siga-me!!!