O alivio da dor através do toque, como fazer?

O alivio da dor através do toque, como fazer?

Aliviar a dor com o toque é uma maravilha quando não sabemos mais o que fazer para ajudar as pessoas que queremos muito. Não há nada pior que ver alguém em uma situação de sofrimento e não poder ajudar, por isso escrevo esse post, em caso de uma situação de urgência, de dor, onde você talvez já não saiba mais o que fazer.

Estudos bem recentes estão mostrando o que todos nós já sabíamos que funcionava: o toque na pele pode aliviar da dor sim! Mas, será que apenas encostar na pele é suficiente?

Primeiro, é importante entendermos que perceber o toque (tato discriminativo) é diferente de curtir o toque (afetivo). Ambos os estímulos são captados pelas fibras C, que são as terminações bem nervosas e totalmente livres na pele, com transmissão de baixa velocidade.

O estudo de Crucianelli et al (2013) publicado na Frontiers of Psychology demostrou que tocar na pele de leve e devagar produz uma sensação agradável. Eles utilizaram uma “mão falsa” para enganar o cérebro dos 52 participantes, criando uma ilusão de que esta seria a mão verdadeira das pessoas. O toque lento e suave foi bem mais agradável do que o toque rápido, percebido na mão falsa.

Dr. Rike Geerd Hamer através de suas pesquisas na década de 80 percebeu que as pessoas que viveram uma conflito de separação muitas vezes brutal quando passavam por alguma dor era mais acentuada que outras. Com isso podemos concluir que o toque devolve a presença as pessoas, e a eliminação do sentimento de solidão.

Por isso sempre que alguém próximo a você sentir dor, toque essa pessoa, faça movimentos lentos como se estivese acariciando a mesma, e juntamente com isso tenha empatia por essa pessoa, se coloque no lugar da mesma, e mentalize a dor indo embora. Mas importante que a presença, é estar com a alma e coração abertos para acolher o próximo.

Assista ao vídeo aqui https://www.youtube.com/watch?v=74KZtEZrhaA

 

Gostou do artigo? Compartilhe com outros profissionais da saúde ou com um amigo querido que poderá ajudar.

Conheça ainda mais a Germânica Heilkunde através do nosso ebook:

Nova-medicina-germanica-pdf

Este blog é apenas um blog educativo. As informações e serviços aqui contidos não devem ser interpretados como um diagnóstico, tratamento, prescrição ou cura para a doença. Aqueles que buscam tratamento para uma doença específica devem consultar seu médico para determinar o protocolo de tratamento adequado, correto e aceito antes de usar qualquer coisa que é divulgado nesta página. O material referenciado acima reflete a convicção sincera da Dra. Marina Bernardi sobre esta nova medicina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram

  • Quais são as características de um DHS (impacto biológico)?
⠀
Um impacto biológico pode ser caracterizado assim:
⠀
👉 É totalmente dramático, ou seja, algo que você coloca em prioridade em sua vida. O seu corpo entra em alerta quando algo acontece, levando “aquele susto”.
⠀
👉Pode ser muito intenso a ponto da pessoa se paralisar, assim como pode ser resolver a cerca de um minuto, ocorrendo um pequeno impacto. O seu corpo vai responder de acordo com a intensidade desse impacto, e o tempo de duração do conflito.
👉A maneira que você viveu esse impacto é exatamente o que vai definir qual órgão vai responder de acordo com nossa evolução embriológica (conteúdo do conflito).
⠀
Compartilhe esse conhecimento com seus amigos!❤
  • 👉Conforme a Primeira Lei Biológica descoberta por Dr. Hamer, a chamada ‘’doença” na verdade é um programa biológico de sobrevivência.
⠀
Dr. Hamer descobriu que sempre quando algo inesperado, dramático e vivido em solidão acontece em sua vida, podemos chamar isso de DHS, que é o impacto inesperado, onde teu corpo responde com um órgão sendo afetado.
⠀
Segundo Dr. Hamer, a tríade biológica que envolve a psique, o cérebro e os órgãos sempre acontece através do DHS, para teu corpo responder com algum sintoma ou ‘’doença’’.
⠀
Chamamos os sintomas do termo “doença”, mas sabemos que não é correto, pois a palavra doença parece ser algo ruim. Na verdade, passamos a compreender que a doença não é algo ruim, sendo um programa biológico de sobrevivência.
⠀
🙌Através da compreensão da Primeira Lei Biológica, você começa a perceber que a sua vida e o teu corpo caminham juntos.
⠀
Marque alguém que gostaria de saber isso!❤
  • Quando a doença não é mais doença, mas sim um programa biológico de sobrevivência🍃#Marinabernardi #marinabernarditreinamentos #drhamer #medicinaheilkunde #germânicaheilkunde #medicinagermânica #ciênciacurativa

Siga-me!!!