Como a nova medicina explica o câncer de pele?

Será que o Sol é o grande vilão da história? É o que pretendo esclarecer através deste artigo sobre a verdade da origem do câncer de pele, como de outros cânceres também.

De acordo com Dr. Hamer, o câncer de pele não é causado pela exposição a agentes cancerígenos, mas na verdade, é iniciado por um conflito biológico, que possui objetivo primitivo de aumentar a proteção do indivíduo perante a uma ameaça.

A radiação UV excessiva do sol certamente pode danificar a pele, mas não causa câncer de pele, como afirmado pela medicina tradicional.

Qual é o conflito biológico relacionado ao câncer de pele?

Câncer de pele pela Medicina Germânica Heilkunde

De acordo com sua função protetora, o conflito biológico ligado à derme é um conflito de ataque. 

Um conflito de ataque é vivenciado, por exemplo, por meio de um ataque de uma pessoa ou de um animal, ou por meio de um golpe ou pancada contra o corpo ou contra a cabeça (nos esportes, em uma briga, em um acidente). No entanto, procedimentos médicos como cirurgia (a imagem de ser cortado com um bisturi), uma biópsia por agulha, bem como dores lancinantes ou perfurantes também podem ser registradas como um “ataque”. 

Ataques verbais, como ser repreendido, agredido ou ameaçado com palavras duras e agressivas tipicamente “atingem” o rosto, a testa (um insulto à inteligência) ou as costas ( “apunhalada nas costas” ). 

Comentários sexistas, acusações sexuais ou um ataque contra a orientação sexual geralmente atingem “abaixo da cintura”. Ouvir palavras ofensivas afeta a pele da orelha. Ser criticado de forma hostil, discriminação, difamação ou insulto à integridade pode ter impacto em todo o corpo (conflito generalizado).

Uma condição da pele, como acne ou cicatrizes cirúrgicas no rosto ou no corpo (após uma mastectomia) pode gerar um conflito de desfiguração que também corresponde biologicamente à derme.

Além disso, o conflito ligado à derme refere-se também a sentir-se impuro ( suor, pés, corrimentos com mau cheiro ou incontinência) ou sentir-se sujo, por exemplo, ao entrar em contato com algo considerado nojento , como sujeira, fezes, urina, vômito, saliva, sangue (menstrual), suor ou sêmen.

Palavras “sujas” faladas na cara ou faladas pelas costas (fofoca) podem provocar o conflito, porque a psique, em termos da Medicina Germânica Heilkunde, não pode diferenciar entre sujeira real e sujeira figurativa.

Fase ativa do conflito

Começando com o conflito biológico, durante a fase ativa do conflito os melanócitos na derme proliferam no local “atacado” ou “sujo” formando um crescimento compacto ou melanoma.

Pela medicina tradicional, esse crescimento é considerado um câncer de pele. Do ponto de vista evolutivo, no entanto, um melanoma é uma forma arcaica de defesa que serve ao propósito biológico de fornecer uma camada protetora ou “pele mais espessa” contra novos ataques.

Ocasionalmente, ocorrem depósitos de melanina em locais atípicos. Na presença de um “câncer de pele primário”, o acúmulo de melanina, por exemplo, no fígado ou no cérebro, é erroneamente diagnosticado como um “melanoma metastático”.

Fase de cura do conflito

Após a resolução do conflito, fungos ou micobactérias ou outras bactérias removem as células que não são mais necessárias. O envolvimento da bactéria da tuberculose causa a tuberculose da pele.

Durante o processo de decomposição, o melanoma muda sua textura (o crescimento torna-se macio e esponjoso), sua forma (torna-se maior e assimétrica com bordas irregulares) e pode sangrar. Quando a epiderme sobrejacente se abre, a secreção com mau cheiro produzida pela bactéria da tuberculose rompe a pele.

Se os micróbios necessários não estiverem disponíveis no momento, o tecido adicional permanece. No entanto, com constantes recaídas de conflitos, o melanoma continua a crescer.

Conclusão

Espero que você tenha entendido sobre a origem do câncer de pele segundo a nova medicina.

Considerou o artigo útil? Compartilhe esse artigo para que possamos ajudar mais pessoas a terem conhecimento sobre a Medicina Germânica Heilkunde.

>>> Garanta agora mesmo: Guia definitivo da Medicina Germânica Heilkunde

Este blog é apenas um blog educativo. As informações e serviços aqui contidos não devem ser interpretados como um diagnóstico, tratamento, prescrição ou cura para a doença. Aqueles que buscam tratamento para uma doença específica devem consultar seu médico para determinar o protocolo de tratamento adequado, correto e aceito antes de usar qualquer coisa que é divulgado nesta página. O material referenciado acima reflete a convicção sincera da Dra. Marina Bernardi sobre esta nova medicina.