O que é auto-sabotagem e como evitá-la para sua vida?

Saiba como lidar com a auto-sabotagem

A auto-sabotagem refere-se aos comportamentos onde criamos problemas que interferem em nosso objetivo. Com pensamentos negativos que fazem com que de forma inconsciente nossas ações vão em sentidos opostos aos nossos objetivos.

Os comportamentos de auto-sabotagem mais comuns são a procrastinação, a automedicação com drogas ou álcool e comer exageradamente.

As pessoas nem sempre estão conscientes de sua auto-sabotagem,  pois os efeitos de seu comportamento podem não aparecerem por algum tempo. Infelizmente, conectar um comportamento às consequências autodestrutivas não garante que uma pessoa acabe com seu comportamento.

Mas existem terapias comportamentais destinadas a interromperem padrões de pensamento e ações enraizadas, fortalecendo os processos de deliberação. As terapias motivacionais reconectam as pessoas com seus objetivos e valores.

Quais são as dicas que ajudam a evitar a auto-sabotagem?

1. Evite pensamentos como ‘’se tivesse sido assim’’

Todos nós temos arrependimentos, se tratando de algo que fizemos (se não tivesse largado os estudos), ou algo que não fizemos (se eu tivesse me dedicado mais na minha graduação). Às vezes, entramos no pensamento “se tivesse sido assim “ sobre coisas que não podemos controlar, mas que desejamos que tivessem sido diferentes.

Esses pensamentos podem nos acompanhar por vários anos e o grande problema é que eles não levam à ação, trazendo somente um sentimento de frustração e não estimulam a resolução do problema.

Transforme sua mentalidade aceitando o que foi feito, mas utilize esse fato para influenciar suas ações futuras. Tal como: “X é assim, mas Y pode ser assim” ou “Não posso desfazer meu passado, mas posso influenciar o meu futuro” ou “Aprendi algo de X, o que é Y e é assim que eu pretendo usá-lo para melhorar as coisas “.

2. Não tenha medo do seu pensamento

Quanto mais você luta contra seus pensamentos, mais você se negará a oportunidade de trabalhar com eles e mais você se manterá bloqueado em um padrão negativo.

Tente reconhecer seus pensamentos e enfrentá-los, enfatizando que eles são apenas pensamentos e rotulando-os como tal. Por exemplo: Estou tendo o pensamento de que foi um erro ter trabalhado tanto. Então foque seu pensamento em: “Eu preciso descansar, superar essa semana no trabalho e me sentir diferente. Se eu não fizer isso, terei pensamentos negativos.

3. Reconheça seus sentimentos

Os sentimentos quando escondidos, crescem cada vez maiores. E eles são propensos a corroer as pessoas de dentro para fora. As emoções não tendem a desaparecerem sozinhas apenas porque tentamos escondê-las.

Deixar-se sentir as coisas não é o mesmo que desencadear emoções para o mundo em geral. Na verdade, você será menos propenso a desencadear sentimentos de maneira inadequada se você realmente os reconhecer e trabalhá-los.

Conclusão

Espero que você tenha compreendido o que é a auto-sabotagem e como evitá-la em sua vida.

A pessoa que se auto sabota deve enfrentar a si mesmo, pois passando por obstáculos que nos tornamos fortes, encontraremos a nossa verdadeira força interior.

Gostou do artigo? Compartilhe com seus amigos.

Assista o vídeo sobre como reconectar-se com sua essência:

Este blog é apenas um blog educativo. As informações e serviços aqui contidos não devem ser interpretados como um diagnóstico, tratamento, prescrição ou cura para a doença. Aqueles que buscam tratamento para uma doença específica devem consultar seu médico para determinar o protocolo de tratamento adequado, correto e aceito antes de usar qualquer coisa que é divulgado nesta página. O material referenciado acima reflete a convicção sincera da Dra. Marina Bernardi sobre esta nova medicina.