A Melodia Sagrada de Dr Hamer

Tempo de leitura: 2 minutos

Dr Hamer escreveu a música Mein  Studentenmadchen (Minha amada estudante) no vigésimo aniversário de casamento para sua esposa. O que ele não sabia é que a música tinha se adiantado 5 anos da Germânica Heilkunde, pois ele só descobriu a Germânica cinco anos depois da música.

E quando percebeu alguns pontos em comum da música com seus descobrimentos ficou perplexo.

O primeiro ponto em comum é que a música possui duas fases assim como a segunda lei biológica na Nova Medicina Germânica.

A música é um protótipo de todas as músicas clássicas arcaicas e ao mesmo tempo é um protótipo do programa biológico da Germânica Heilkunde.

Assim elas são totalmente conectadas, a música é praticamente um pilar da Germânica.

Dr Hamer também pode concluir que todas essas músicas clássicas arcaicas foram feitas apartir dos próprios conflitos biológicos, pois todas tem duas fases, exatamente como a segunda lei de Dr Hamer. Então ao invés de expressar com palavras ou gestos seus conflitos, é expressado com notas. Assim como ele expressou o seu conflito com a música…

Os efeitos da Música

A música detém o pânico, o câncer, e as psicoses se ouvida diariamente durante a noite e também de dia. Se a pessoa estiver em Pcl a, com muitos sintomas, a música sobrepassa a fase de epicrise e  “empurra”  a pessoa até o final da fase de cura.

Caso estiver em conflito ativo a música para o crescimento de tumores, não faz resolver o conflito porém a pessoa para de vivenciar o conflito, parando o crescimento de tumores.

Assim como gostando na cultura dos povos germânicos, sempre que uma pessoa estava mal, os integrante se reuniam em circulo e cantavam uma melodia sagrada para a pessoa. Com isso Dr Hamer conclui que muitos povos antigos já usavam dessas músicas para ajudar as pessoas, e a música que ele descobriu reforça todo esse conhecimento.

Assista o vídeo:

 

Link da música: https://www.youtube.com/watch?v=d54GSTF0d3w