Insônia: o que você precisa saber

Você tem insônia?A insônia é um distúrbio persistente que prejudica a capacidade de uma pessoa adormecer ou, ainda, de permanecer dormindo durante toda a noite. Pessoas com insônia geralmente começam o dia já se sentindo cansadas, têm problemas de humor e falta de energia e têm o desempenho no trabalho ou nos estudos prejudicado por causa deste distúrbio. A qualidade de vida da pessoa, em geral, costuma ficar comprometida pela insônia.

Demorar para pegar no sono, acordar durante a noite ou sentir que o sono não foi reparador são alguns dos sinais da insônia. Estima-se que um a cada cinco adultos sofram com esse distúrbio.

Há dois tipos de insônia, a primeira é que aquela que deitamos na cama e ficamos rolando durante horas antes de finalmente dormir. E a segunda, aquela que você deita na cama, dorme, porém desperta as três ou quatro horas da manhã.

Os dois tipos fazem parte de um processo natural do corpo, um processo biológico devido as as respostas do nosso corpo perante os acontecimentos de nossa vida.

O primeiro caso, quando você demora a dormir, é quando o seu corpo está em processo de cura e por isso se mantém alerta. Nós herdamos essas memórias evolutiva, e assim como é na natureza, quando um animal está fragilizado e em recuperação, se mantém em vigília, pois caso contrário, é pode ser morto pelo inimigo. O mesmo ocorre conosco. Quando nosso corpo está processando algo, nos mantemos em alerta, sempre.

Já no segundo caso, quando você desperta as três ou quatro horas da manhã, você desperta para resolver algo que ainda não conseguiu resolver. Chamamos está fase de ATIVA. A pessoa dorme pouco ou desperta pela madrugada. Sempre com pensamentos involuntários, que o preocupam, pois precisa resolver seu problema.

Assista ao vídeo aqui: https://www.youtube.com/watch?v=CHVG6NgwP6o

 

Gostou do artigo? Compartilhe com outros profissionais da saúde ou com um amigo querido que poderá ajudar.

Conheça ainda mais a Germânica Heilkunde através do nosso ebook:

Nova-medicina-germanica-pdf

Este blog é apenas um blog educativo. As informações e serviços aqui contidos não devem ser interpretados como um diagnóstico, tratamento, prescrição ou cura para a doença. Aqueles que buscam tratamento para uma doença específica devem consultar seu médico para determinar o protocolo de tratamento adequado, correto e aceito antes de usar qualquer coisa que é divulgado nesta página. O material referenciado acima reflete a convicção sincera da Dra. Marina Bernardi sobre esta nova medicina.