Germânica Heilkunde: Simplificando a descoberta das doenças

Saiba mais sobre a descoberta das doenças

Primeiramente, para compreender sobre a Germânica Heilkunde e o Princípio das cinco leis biológicas é necessário quebrar seus paradigmas de tudo que você já aprendeu através da Medicina Tradicional.

A Germânica Heilkunde chega para simplificar o diagnóstico das doenças, que através da Medicina Tradicional são explicadas através de inúmeros livros a serem estudados.

Enquanto a Medicina Tradicional se concentra no nome da doença, a Germânica Heilkunde compreende sua origem através do que o paciente sente exatamente.

Simplificando o diagnóstico das doenças, através da Germânica Heilkunde é necessário ter conhecimento do tecido envolvido e em qual das 4 folhas embrionárias se origina.

Com base na terceira Lei Biológica, podemos conhecer a origem embrionária e sua respectiva inervação cerebral, compreendendo o comportamento do tecido dentro do programa de fisiologia especial. Sabendo também através da quarta lei biológica, quais tipos de micróbios estão envolvidos, conhecendo também sua sintomatologia específica.

A classificação de doenças se torna incoerente, porque para cada conjunto de sintomas, a Medicina Tradicional cria uma patologia, com suas características.

Podemos colocar como exemplo a artrite psoriática, que tem suas próprias características. Então é preciso separar cada sintoma em seu lugar de acordo com as Leis Biológicas. O primeiro sintoma analisado são as calcificações do tecido ósseo, ocorrendo o processo de calcificação dirigido pela substância branca do cérebro, no momento de uma fase de reparação em suspenso com recidivas.

O segundo sintoma da artrite psoriática são as úlceras da pele, que são produzidas por dois processos sobrepostos, dirigidos pelo córtex sensorial em reação a dois eventos, que possivelmente não estão relacionados com o que originou as calcificações ósseas.

Outro exemplo, uma doença bem comum chamada de ‘’gripe’’. A gripe envolve vários sintomas, como dor de garganta, febre, nariz entupido e outros. E cada sintoma deve ser analisado de forma separada, pois cada um tem um sentido biológico

Analisando os programas biológicos, eles sempre ocorrem em duas fases distintas.

A primeira fase inicia-se no momento em que ocorre o chamado DHS (quando o organismo reage) e acaba no momento em que o organismo resolve a situação, retirando-se do estado de alerta.

Já a segunda fase ocorre no momento de relaxamento e reparação, fazendo o organismo recuperar sua fisiologia normal.

Na realidade, as fases podem ser caracterizadas de duas formas. Na primeira fase, o paciente está em permanente estresse, perdendo peso, apresentando as mãos e os pés frios, pensamentos fixos e demora para dormir. A segunda fase é caracterizada por febre, muito cansaço e extremidades quentes.

Com isso, a segunda Lei Biológica possibilita colocarmos em ordem os fenômenos que supostamente estão desconectados, colocando-os na curva bifásica, sabendo se o paciente se encontra na primeira fase (fase ativa) ou se encontra na segunda fase da doença.

Conclusão

Espero que você tenha compreendido como funciona o diagnóstico das doenças de acordo com a Germânica Heilkunde, onde não é analisado o nome da patologia e sim quais são os sintomas do paciente.

Através do estudo dos sintomas do paciente, podemos descobrir a origem da doença através do conhecimento das Cinco Leis Biológicas.

Gostou do artigo? Compartilhe com seus amigos.

Este blog é apenas um blog educativo. As informações e serviços aqui contidos não devem ser interpretados como um diagnóstico, tratamento, prescrição ou cura para a doença. Aqueles que buscam tratamento para uma doença específica devem consultar seu médico para determinar o protocolo de tratamento adequado, correto e aceito antes de usar qualquer coisa que é divulgado nesta página. O material referenciado acima reflete a convicção sincera da Dra. Marina Bernardi sobre esta nova medicina.