A Fostoetanolamina e o Tratamento do Câncer

Fosfoetanolamina e Tratamento de Cancer Germanica Heilkunde

A fabricação de fosfoetanolamina sintética, chamada também de “pílula do câncer”, foi suspensa há alguns dias por não haver os requisitos mínimos de segurança para o consumo da população, segundo o Ministro Marco Aurélio Mello. Ficou entendido que a aprovação seria um absurdo, pois a droga pode oferecer riscos à saúde, já que as pesquisas científicas não foram concluídas.

Sabemos, que a realidade para o tratamento do câncer, entre eles, com quimioterapia e radioterapia, é agressiva, combatem as células cancerígenas, mas acabam afetando também as saudáveis. Os pacientes sobreviventes, não sobrevivem ao câncer, mas sobrevivem aos tratamentos realizados, ouseja a luta contra o câncer passa a ser, “a luta contra a quimioterapia”. Mesmo sabendo de todos os danos reais, é liberado e indicado como salvação para os pacientes, como um tratamento “seguro”.

É natural a busca de outros tratamentos, menos agressivos, e segundo a Revista Veja, a fosfo agiria contra o tumor estimulando a morte programada das células doentes (apoptose) e preservando as sadias. O uso desta substância pode favorecer o abandono de tratamentos prescritos pela medicina tradicional, os quais podem beneficiar ou curar a doença.

Para a Germânica Heilkunde (Nova Medicina Germânica) a fosfoetanolamina  poderia ajudar e muito nos casos em que o corpo não está conseguindo resolver sozinho, onde o corpo necessita de ajuda específica para aliviar a dor ou outros sintomas. Para Dr. Hamer descobridor desta nova medicina, há um tempo de proliferação celular, que pode parar a medida que as situações (causa) da nossa vida também se alteram.

Diante disso, a pergunta central é “ A pílula do câncer é perigosa para quem?”

Todos temos tumores, se engana quem acha que nunca teve câncer uma vez na vida. Todos os dias temos essas multiplicações celulares em decorrência de respostas do nosso corpo aos estímulos do ambiente, porém o que faz a diferença, é a maneira que você olha para esses tumores, se você não os conhece, e não sabe o porque ele está em seu corpo, tudo fica complicado, e assustador. Quando você realmente entende que as células possuem um sentido biológico para multiplicarem, você compreende o verdadeiro significado dos tumores, e isso elimina o seu medo.

É hora de abrirmos os olhos diante de tudo que nos foi ensinado, enxergarmos a realidade e  é hora de nos abrirmos para novos caminhos. É necessário o conhecimento, saber o que é o câncer e porque ele se desenvolveu. A maioria das pessoas não sabem, e não conhecem o seu corpo, e isso é um erro. E enquanto não houver esse conhecimento, muitas pessoas continuarão a pagar com a sua vida para que um dia possamos evoluir.

Para os científicos, a resposta para a fosfoetanolamina no tratamento do câncer talvez apareça em cinco anos, até lá é nossa responsabilidade transformar os paradigmas das velhas crenças para as novas crenças. Não percamos as esperanças de evolução, de liberdade de escolha, de mais informação e menos medo.

Um grande abraço!

Referência:

Revista Veja, Maio-2016.

Gostou do artigo? Compartilhe com outros profissionais da saúde ou com um amigo querido que poderá ajudar.

Conheça ainda mais a Germânica Heilkunde através do nosso ebook:

Nova-medicina-germanica-pdf

Este blog é apenas um blog educativo. As informações e serviços aqui contidos não devem ser interpretados como um diagnóstico, tratamento, prescrição ou cura para a doença. Aqueles que buscam tratamento para uma doença específica devem consultar seu médico para determinar o protocolo de tratamento adequado, correto e aceito antes de usar qualquer coisa que é divulgado nesta página. O material referenciado acima reflete a convicção sincera da Dra. Marina Bernardi sobre esta nova medicina.