Uma visão diferente sobre a febre amarela, de acordo com a Nova Medicina Germânica

Nas últimas semanas, notícias sobre macacos infectados com febre amarela que foram encontrados mortos em São Paulo correram as redes sociais. E, embora nenhuma pessoa tenha sido diagnosticada com a doença, o acontecimento espalhou temor pela cidade, fazendo com que uma campanha de vacinação fosse iniciada.

A medicina tradicional explica que a febre amarela é causada por um vírus transmitido principalmente pelo mosquito aedes aegypti. Os sintomas da doença incluem calafrios, náusas, febre e dores nas costas, podendo levar à insuficiência renal.

Assim, para a medicina tradicional, no caso de São Paulo, a explicação para a morte dos macacos seria a transmissão pela picada do mosquito. E a melhor maneira de prevenir que humanos sejam infectados seria a vacinação.

O que é a febre amarela para a Nova Medicina Germânica

O olhar da Germânica Heilkunde, ou Nova Medicina Germânica, no entanto, difere bastante dessa versão tradicional, que culpa fatores externos.

Para a Germânica Heilkunde, os vírus, caso realmente existam, são encontrados em tecidos de origem ectodérmica somente, servindo para reconstruí-los.

Nossa cultura tende sempre a culpar fatores externos quando algo de ruim acontece, olhando para fora na hora de procurar o culpado. Mas isso não está correto. Nossas enfermidades vêm de dentro para fora. As bactérias, vírus ou fungos fazem parte da nossa natureza, e estão presentes para nos ajudar, limpando e reconstruindo.

Por isso, deveríamos começar a fazer conexões entre o que fazemos com nossa vida e as respostas que nosso corpo dá. E, no caso dos macacos, não é diferente, pois os organismos dos animais sofrem da mesma forma.

Para a Medicina Germânica, o problema não é o mosquito. Nosso corpo pode atraí-lo, mas ele não é o responsável. O que deve ter ocorrido com os macacos é a interferência de algum humano, ou houve conflitos biológicos entre a própria espécie.

Além da desinformação, outro problema que esse tipo de notícia causa é o medo. Os macacos passam por problemas, morrem, e as pessoas acham que acontecerá o mesmo com elas. Então, são oferecidos remédios e começa-se a vacinação em massa. Isso não é bom para ninguém.

É importante as pessoas olharem de outra forma para acontecimentos desse tipo, sem deixarem que o medo se instale. Pois o sentimento do medo, esse sim, adoece e pode matar.

Gostou do artigo? Compartilhe com outros profissionais da saúde ou com um amigo querido que poderá ajudar.

Conheça ainda mais a Germânica Heilkunde através do nosso ebook:

Nova-medicina-germanica-pdf

Este blog é apenas um blog educativo. As informações e serviços aqui contidos não devem ser interpretados como um diagnóstico, tratamento, prescrição ou cura para a doença. Aqueles que buscam tratamento para uma doença específica devem consultar seu médico para determinar o protocolo de tratamento adequado, correto e aceito antes de usar qualquer coisa que é divulgado nesta página. O material referenciado acima reflete a convicção sincera da Dra. Marina Bernardi sobre esta nova medicina.

.